Autor: Diego Junqueira Stevanato

Um breve relato do doutorado sanduíche nos Estados Unidos

Por Camila Tavares Olá colegas!Para aqueles que nos últimos meses não me encontraram no CAMAR “cuidando” dos siris, eu informo a vocês que estou nos Estados Unidos no doutorado sanduiche. Encarei o desafio de viver durante seis meses na cidade de Baltimore no estado de Maryland para aprender mais sobre o tão famoso blue crab e dominar a técnica de detecção do vírus CsRV1 com o Dr Eric J Schott no Institute of Marine and Environmental Technology (IMET), pertencente a University of Maryland Center for Enviromental Science (Figura 1). Figura 1. Fotografia do Institute of Marine and Environmental Technology...

Leia mais

Insetos aquáticos (ninfas e libélulas) na piscicultura

Por Ana Paula da Silva Bertão                                                                                           Publicado em 25 de março de 2019 Entre a classe Insecta, encontra-se a ordem Odonata, pertencentes a esta ordem são as libélulas. São um grupo de insetos com indivíduos adultos de coloração marcante (Figura 1) e ninfas opacas (Figura 2). Estes indivíduos possuem dependência direta de água no estágio...

Leia mais

Ação desinfetante do peróxido de hidrogênio

Por Cesar Hironata Nakao e Fabrício Salvador Vidal Publicado em 02 de janeiro de 2019   Segundo Mattos, 2003 o peróxido de hidrogênio é um líquido viscoso transparente, com odor característico, não inflamável e miscível com água. É um composto bactericida, esporicida, fungicida e com capacidade de também eliminar os vírus. Ele age atacando a membrana lipídica, o ácido desoxirribonucléico e outros componentes essenciais à vida da célula (Kalil and Costa, 1994). A reação do peróxido de hidrogênio com o íon superóxido (O2-) forma um poderoso oxidante, o radical hidroxil (OH•), que é altamente reativo e pode atacar a...

Leia mais

Cordylophora caspia: Um invasor incrustante

Por Raíssa Vitória Vieira Leite Publicado em 07 de novembro de 2018   A Cordylophora caspia é uma espécie aquática, originaria do Mar Cáspio e Mar Negro. Trata-se de um hidrozoário eurialino, encontrado desde ambientes marinhos até estuários e águas continentais. Esse hidróide sobrevive a diferentes faixas de temperaturas, variando entre 5 ºC e 30 ºC. Entretanto, sua temperatura ótima para crescimento e desenvolvimento está entre 18 ºC e 26 ºC, podendo oscilar de acordo com a região e salinidade da água. A C. caspia apresenta reprodução do tipo sexuada e assexuada, onde a partir daí, pode ocorrer a...

Leia mais
Parcerias
FIEP AZUL petrobras cnpq logo ufpr ifet seti seti seti