O GIA acaba de lançar mais um livro. O tema da vez é o cultivo de peixes orgânicos

Cada vez mais, produtos intitulados como “orgânicos” estão presentes nas gôndolas de supermercados e nas mesas de consumidores de todo o país. Mas, afinal, o que é um “produto orgânico”? Quem pode usar tal denominação? Como se certifica um “produto” ou uma “propriedade orgânica”?

O senso comum diz que “produto orgânico é aquele produzido sem o uso de agrotóxico”. Isso é verdade! Porém, apenas produzir algo sem o uso de agrotóxicos é suficiente para se produzir algo “orgânico”? E no caso da piscicultura, o que seria produzir “peixes orgânicos”?

Existe, de fato, muita desinformação, tanto de produtores como de consumidores sobre tais temas. Por isso, este livro foi pensado e estruturado para ajudar a esclarecer dúvidas como essas. Nele, os conceitos e princípios que regem o arcabouço normativo em relação à produção de orgânicos, em geral, e de peixes orgânicos, em particular,  são apresentados na forma de perguntas e respostas.

As respostas, por sua vez, não são baseadas apenas nas percepções ou experiências dos autores, mas sim nos princípios que norteiam o tema “Produtos Orgânicos”, em dados e informações científicas e, sempre que cabível, no próprio texto das normas legais brasileiras relativas ao assunto que está sendo apresentado.

Nossa intenção não é tratar o tema com paixão e nem defender e ou criticar os sistemas orgânicos de produção de peixes, mais sim informar o leitor. Passar-lhe as informações necessárias para que ele decida por si mesmo se esse tipo de regime de produção é ou não adequado às suas necessidades, quer seja como produtor ou como consumidor.  

O que esperamos com tal abordagem, essencialmente técnica, é que um tema tão complexo e, em geral,  pouco compreendido possa tornar-se mais atraente e mais “palatável” que a simples leitura direta de cada uma das normas, regulamentos, portarias ou leis que tratam da produção de peixes orgânicos no Brasil. 

Acesse a aba Livros, cadastre-se, baixe o seu gratuitamente  e conheça mais sobre a produção de peixes orgânicos.