MVC-080F

O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos dos cultivos de camarões (Litopennaeus vannamei) em tanques-rede sobre o sedimento de fundo da baía de Guaratuba, Paraná, Brasil. A fazenda marinha monitorada chegou a ter 300 tanques-rede (dimensões: 3,6m X 3,6m X 2m) na água. Esses tanques eram feitos de PVC e foram distribuídos em uma área de cerca de 4.200 m². Os camarões foram alimentados com dois tipos de rações comerciais, uma fabricada especificamente para o camarão e outra, ração para peixes. Foram definidos cinco pontos de amostragem, um localizado no centro da área da fazenda; um a 1.000m de distância da fazenda, em uma área com condições hidrodinâmicas semelhantes; e os demais localizados em um raio de 200 m do centro da fazenda marinha. Durante um ano, foram realizadas coletas e análises sazonais do sedimentos nesses pontos de amostragem. As concentrações de carbono (C), fósforo (P), cálcio (Ca²+) e potássio (K+), foram determinadas. Os resultados indicaram  de forma consistente que as concentração de nutrientes aumentaram significativamente em baixo dos tanques de cultivo. Foram obtidas evidências de que, sob as condições estudadas, o aumento dos níveis de nutrientes pode ser sentido a até 200 m de distância das áreas de cultivo.

trabalho1