Por: Luiz Henrique Almerão de Oliveira Gomes, Paola Gomes Souza e Rafaela Longo

O presente estudo tem por objetivo analisar a viabilidade de implantar a tilapicultura na Fazenda Solar, localizada no município da Lapa – PR. Tal objetivo deverá ser atingido através de estudo abrangente contendo informações de economia, legislação, tilapicultura, dados da propriedade e proposições de melhorias para implantação. A metodologia utilizada será aplicada a partir de visita técnica à Fazenda Solar e entrevista ao produtor que requisitou a consultoria, Elisete Machado Montrucchio, coletando informações de identificação da área disponibilizada, objetivos e dificuldades do empreendedor, que serão utilizadas posteriormente como material de estudo. Os dados numéricos coletados serão analisados e apresentados sob a forma de gráficos e planilhas, demonstrando a viabilidade do projeto. Serão identificadas as diversas características da região e da propriedade na tentativa de identificar possíveis problemas ou irregularidades, estudando o sistema e o regime que será escolhido para esta produção, visando identificar no relatório técnico suas especificações. Com pesquisa de mercado da região, identificamos possíveis compradores da tilápia. O relatório técnico irá refletir a viabilidade de implantação e será apresentado ao produtor interessado. A importância deste estudo reside no contínuo aumento do setor de tilapicultura, com a expectativa de aumento do consumo e, consequentemente, a demanda. Com isso, os produtores poderão ter lucros expressivos com a atividade. A produção de tilápia na região da Lapa – PR, tem se destacado como promissor campo de atuação para os produtores locais, já que não há muitos produtores da categoria na cidade e há uma grande demanda por conta dos pesque pague regionais, que possuem grande consumo do produto por seus clientes. O desafio do projeto de consultoria será analisar e indicar formas adequadas para adaptação do viveiro da propriedade, respeitando as condições climáticas, ambientais e comércio local, para gerar renda e prosperidade ao produtor, bem como uma possibilidade de diversificação das culturas locais existentes.

Nossa motivação

Para expor as dificuldades e complexidade do nosso projeto, ao lado apresentamos a imagem do viveiro e da sede da Fazenda Solar. As principais atividades são lavoura e pecuária (bovinocultura, ovinocultura e equideocultura), nas quais a família (4 pessoas) e 1 funcionário fixo trabalham e, quando necessário, funcionário temporário. Nas proximidades da propriedade há diversos pesque-pague (cerca de 10 em um raio de 20 km de distância). Com isso, surgiu a ideia dos proprietários de produzir peixe para fornecer (vender) para esses comércios e aproveitar as estruturas presentes. Nesse viveiro (25m x 60m x 1,5 m aprox.) não há cultivo intencional, porém há traíras. O barracão ao lado do viveiro possui aproximadamente 500m². Sabendo disso, quais são as perguntas e propostas que você faria aos proprietários? Foi esse nosso ponto de partida para o trabalho. 

Nossos produtos