honduras farm 9-1

Avaliação das rações comerciais produzidas no Brasil para a produção de tilápias: implicações ambientais e nutricionais

O presente trabalho objetivou avaliar a composição e o conteúdo nutricional de rações para alimentação de tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus L.) comercializadas no Brasil, sob o ponto de vista nutricional e também como potencial agente poluidor dos ambientes aquáticos. Foi realizado um levantamento das rações comerciais com registros ativos na superintendência estadual do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no Paraná, Brasil. Considerando a contribuição nutricional de todos os ingredientes das rações e com base em tabelas de referências, foi possível calcular os conteúdos nutricionais dessas rações. Estes conteúdos foram comparados às recomendações nutricionais para a espécie. Ao todo, 130 rações foram selecionadas para a análise, sendo 32 destinadas a alevinagem, 30 para juvenil, 38 para a fase de crescimento e 30 para a de terminação.A digestibilidade global dos alimentos, com relação ao aproveitamento de matéria seca, foi estimada em 68,5%, sendo o fósforo o nutriente com menor digestibilidade média (51,2%) e a proteína o que apresentou o maior coeficiente médio de digestibilidade (86,6%). Foram observados excessos de cálcio e fósforo em níveis 256% e 31,3% superiores aos recomendados, respectivamente. As relações entre Metionina, Metionina e Cistina, Treonina e Triptofano com a Lisina ficaram abaixo do recomendado, sendo a relação Metionina:Lisina equivalente à metade do valor esperado, com possível implicação proporcional no aproveitamento metabólico de todos outros aminoácidos absorvidos.As informações obtidas neste estudo servem como referência tanto para estimativas do potencial produtivo e quanto poluente das rações utilizadas em cultivos de tilápias do Nilo no Brasil e poderão ser utilizadas como base técnica e científica para um melhor planejamento da atividade.

racoes2