Por Gisela G. Castilho-Westphal

Publicado em  21 de julho de 2017

 

Doenças de notificação obrigatória à Organização Mundial para Saúde Animal (OIE)

Anualmente a OIE publica uma lista de Doenças de Notificação Obrigatória (DNO) para diferentes grupos animais. Com este monitoramento, tem-se um amplo mapa da ocorrência de surtos e da presença de doenças em diferentes partes do mundo. Este processo facilita a disseminação de informações, auxiliando na tomada de decisões para o trânsito animal internacional e nacional.

Além disso, as DNO causam prejuízos econômicos associados ao controle, erradicação e impactos nas transações comerciais internacionais. A alteração do status sanitário de um país devido à suspeita ou à presença de uma doença de notificação obrigatória pode comprometer as vendas externas para países ou grupos de mercados, causando também o enfraquecimento do comércio interno, aumento de desemprego e consequente escassez de renda 1.

No ano de 2017 foram relacionadas pela OIE como doenças de notificação obrigatória em crustáceos:

  • Necrose Hepatopancreática Aguda (Acute Hepatopancreatic Necrosis Disease)

  • Crayfish Plague (Aphanomyces astaci)

  • Doença da Cabeça Amarela (Infection with Yellowhead Virus)

  • Necrose Infecciosa Hipodermal e Hematopoiética (Infectious Hypodermal and Haematopoietic Necrosis)

  • Mionecrose Infecciosa (Infectious Myonecrosis)

  • Hepatopancreatite Necrosante (Necrotising Hepatopancreatitis)

  • Síndrome de Taura (Taura Syndrome)

  • Síndrome da Mancha Branca (White Spot Disease)

  • Doença da Cauda Branca (White Tail Disease)

Algumas das doenças relacionadas já foram descritas no Brasil, como identificado na Tabela 1.

Tabela 1. Situação do Brasil em relação ao relato de doenças de notificação obrigatória a OIE que afetam camarões marinhos. Dados referentes ao período de janeiro a junho de 2016.

Doença

Situação segundo OIE

Animais de cultivo

Animais do ambiente

Doença da Cabeça Amarela (YHD)

Doença nunca reportada.

Não

Não

Hepatopancreatite Necrosante (NHP)

Sinais clínicos demostrados. Suspeita da presença da doença, mas não confirmada.

Sim

Sim

Mionecrose Infecciosa (IMN)

Sinais clínicos demostrados, doença presente.

Sim

Sim

Necrose Hepatopancreática Aguda (EMS ou AHPNS)

Doença nunca reportada.

Não

Não

Necrose infecciosa Hipodermal e Hematopoiética (IHHN)

Doença nunca reportada.

Não

Sim

Síndrome da Mancha Branca (WSD)

Sinais clínicos demostrados, doença presente.

Sim

Sim

Síndrome de Taura (TS)

Suspeita da presença da doença, mas não confirmada.

Sim

Sim


Dentre as DNO listadas na Tabela 1, cinco já foram relatadas no país e provocaram impactos importantes na carcinicultura, são elas: quatro doenças virais (Mionecrose Infecciosa, Necrose Infecciosa Hipodermal e Hematopoiética, Síndrome de Taura e Síndrome da Mancha Branca) e uma bacteriana (Hepatopancreatite Necrosante).

 Doenças virais

Fig. 1

Figura 1. Mionecrose infecciosa (IMN). Camarões com perda da transparência de alguns segmentos indicado pelas setas. Fonte: Amalia²

 

Fig. 2a

Figura 2. Mionecrose infecciosa (IMN). Camarões com diferentes níveis de necrose muscular, observada pela intensidade em que o abdome aparece na cor branco leitoso. Fonte: Yangteze³

 

Fig. 3a

Figura 3. Necrose Infecciosa Hipodermal e Hematopoiética (IHHVN). Juvenis de Litopenaeus vannamei infectados por este virus e com a Síndrome da Deformidade e do Nanismo (RDS). Animal com anormalidade cuticular da porção final do abdome. Fonte: Sitto Vietnam4

 

Fig. 4a

Figura 4. Necrose Infecciosa Hipodermal e Hematopoiética (IHHVN). Juvenis de Litopenaeus vannamei infectados por IHHVN e com a Síndrome da Deformidade e do Nanismo (RDS). Animal com deformidade no rostro. Fonte: Sitto Vietnam4

 

Fig. 5a

Figura 5. Síndrome de Taura (TS). Camarões Litopenaeus vannamei com urópodos e pleópodos vermelhos (acima) e um animal saudável (abaixo). Fonte: Gunawan5

 

Fig. 6

Figura 6. Síndrome de Taura (TS). Camarões Litopenaeus vannamei com urópodos e pleópodos vermelhos. Fonte: OBP6

Fig. 7

Figura 7. Síndrome de Taura (TS). Melanização na superfície do corpo de um camarão na fase crônica da TS. Fonte: Aquavietnam7

 

Fig. 8a

Figura 8. Síndrome da Mancha Branca (WSSV). Camarão peneídeo com manchas brancas circulares no exoesqueleto. Fonte: Ciba8

 

Fig. 9

Figura 9. Síndrome da Mancha Branca (WSSV). Camarão peneídeo com manchas brancas circulares no exoesqueleto e cefalotórax soltando-se do corpo. Fonte: CGHP9

 

Fig. 10

Figura 10. Doença da Cabeça Amarela (YHD). Teste rápido para YHV/GAV. É considerado positivo o tesque que apresentar duas linhas roxas, como demonstrado pelo camarão Litopenaeus vannamei colocado na porção superior da imagem e que também apresenta hepatopâncreas e brânquias de coloração amarelada. Animal na porção inferior da imagem, com uma linha roxa no teste é considerado negativo para a doença. Fonte: Songsok et al.10

 

Fig. 11a

Figura 11. Doença da Cabeça Amarela (YHD). Camarões da espécie Penaeus monodon com cefalotórax e brânquias amareladas, nadando próximos às margens do viveiro. Fonte Songsok et al.10

 

Fig. 12a

Figura 12. Hepatopancreatite Necrosante (NHP). Camarão e hepatopâncreas (HS) saudáveis (acima). Camarão e hepatopâncreas (HD) infectados pelo vírus da hepatopancreatite necrosante (abaixo). Fonte: CRL11

 

Fig. 14

Figura 13. Síndrome da mortalidade precoce (EMS) ou Síndrome aguda da necrose hepatopancreática (AHPNS). Juvenis de Litopenaeus vannamei. Animal doente com hepatopâncreas atrofiado e despigmentado (esquerda) e animal saudável com hepatopâncreas escuro e de tamanho normal (direita). Fonte: Lightner et al.12

Referências Consultadas

DE SÁ, M. E. P.; DE MELO, C. B. Disseminação de enfermidades animais por meio do comércio internacional e o papel dos serviços veterinários de fronteira no Brasil. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, v. 38, n. 1, p. 6,  2016.   

2 AMALIA, R. Infectious Myonecrosis Virus (IMNV). Catatan Dokter Ikan,  2016.  Disponível em: < http://www.catatandokterikan.com/2016/04/infectious-myonecrosis-virus-imnv.html >.

3 YANGTZE. Đc cơ trên tôm và cách phòng nga.  2016.  Disponível em: < http://bioaqua.vn/duc-co-tren-tom-va-cach-phong-ngua/ >.

4 SITTO VIETNAM. Disease by viral pathogen 2011.

5 GUNAWAN, H. Camarão com Síndrome Taura. https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Litopenaeus_vannamei_specimen.jpg 2016.

6 OBP. Organica Biotech Pvt. Taura syndrome virus causes devastating economical impact on shrimp aquaculture. Organica Biotech Pvt. Ltd. 2015.

7 AQUAVIETNAM. Taura Syndrome - TSV: American Aqua Viet Nam CO., Ltda. 2016.

8 CIBA, C. I. O. B. A. I.-. Ensuring WSSV Free Sediment and Water for Prevention of White Spot Disease. BioAqua 2014.

9 CGHP. S dng IHHNV và WSSV đã bt hot giúp tôm th chân trng kháng bnh đm trng do virus.  2016.  Disponível em: < http://tomgionghungphu.com/Su-dung-IHHNV-va-WSSV-da-bat-hoat-giup-tom-the-chan-trang-khang-benh-dom-trang-do-virus-a2217-c904-ntts.aspx?Lang=vi >.

10 SONGSOK, A.; LIMSUWAN, C.; CHUCHIRD, N. Infection in Litopenaeus vannamei by experimental injection and feeding at different salinity levels. Thailand.

11 CRL. The University of Southern Mississippi Gulf. Shrimp Disease Research: Coast Research Laboratory 2016.

12 LIGHTNER, D. V.; REDMAN, R. M.; PANTOJA, C. R.; NOBLE, B. L.; NUNAN, L. M.; TRAN, L.; GOMEZ J., S. Documentation of an Emerging Disease (Early Mortality Syndrome in SE Asia & Mexico).

  • Os benefícios da astaxantina na aquicultura

  • Armazenamento de ostras para comercialização

  • Ferramentas para o controle e prevenção de doenças na carcinicultura

  • Licenciamento ambiental na carcinicultura

  • Bioinvasão e seus impactos sobre a diversidade biológica em ecossistemas aquáticos nativos

  • Problemas em sua piscicultura? Entenda as principais causas e medidas para evitar maiores prejuízos

  • Doenças que afetam camarões marinhos e são de notificação obrigatória

  • Características físicas e químicas dos rios amazônicos

  • Controle de mexilhão dourado em usinas hidrelétricas brasileiras

  • Descoberta de um vírus associado à mortalidade de siris: implicações para a produção de siri-mole

Lançamentos

Destaques

Publicações Científicas mais Recentes

Projetos em Andamento

A produção integrada na carcinicultura brasileira

A produção integrada na carcinicultura brasileira

Biologia e desenvolvimento de tecnologia para o cultivo de siris de interesse comercial no litoral paranaense

Biologia e desenvolvimento de tecnologia para o cultivo de siris...

Centro de Análise e Informação Estratégica da Aquicultura - INFOAQ

Centro de Análise e Informação Estratégica da Aquicultura - INFOAQ

Monitoramento de Limnoperna fortunei (mexilhão dourado) e do hidrozoário Cordylophora capia em reservatórios no estado do Paraná

Monitoramento de Limnoperna fortunei (mexilhão dourado) e do hidrozoário Cordylophora...

Monitoramento da qualidade de ostras no litoral paranaense.

Monitoramento da qualidade de ostras no litoral paranaense.

Marcadores Moleculares e Biológicos Aplicados a Incidentes em Ambientes Aquáticos Continentais

Marcadores Moleculares e Biológicos Aplicados a Incidentes em Ambientes Aquáticos...

Conheça...

Imagens de Projetos