Por Diego Junqueira Stevanato

Em 18 de abril de 2017

 

O lambari-do-rabo-amarelo Astyanax altiparanae é um peixe de água doce, presente em rios, lagos e represas e possui hábito alimentar amplo, comendo praticamente qualquer tipo de alimento que estiver pela frente. Sua principal característica é a coloração amarelada principalmente na nadadeira anal e caudal. 

DSC 1582.1

Figura 1. Exemplar de Astyanax altiparanae

 

Uma característica importante para sua criação comercial é seu rápido crescimento, podendo atingir a maturidade sexual em apenas quatro meses de cultivo. Além disso, essa espécie apresenta outra característica crucial e desejada dentro da piscicultura, a rusticidade. Esses animais toleram diversas faixas de temperaturas, resistem a diversos patógenos porem, caso o produtor se esqueça de alimentá-los, com certeza praticarão o canibalismo.

A temperatura de cultivo varia entre 24 e 28 graus. Em condições controladas (laboratório), a espécie pode ser reproduzida o ano inteiro, desde que, durante o período de manutenção desses animais (cultivo), mantenha os sob temperatura e fotoperíodo controlados. Apresenta dimorfismo sexual, sendo as fêmeas maiores que os machos, podendo essas a chegar a 60 g de peso final.

DSC 0044

Figura 2. Reprodução induzida de Astyanax altiparanae. Dimorfismo sexual: fêmea (esquerda) e macho (direita).

 

DSC 0154

Figura 3. Procedimento de sutura em fêmeas durante a reprodução induzida para maior controle na hora da desova.

O cultivo dessa espécie no Brasil é destinado principalmente para o comércio de iscas vivas. Hoje, mais de 50 milhões de indivíduos são comercializados por ano. 

 

DSC 8249

Figura 4. Alevinos do lambari Astyanax altiparanae em tamanho ideal de comércio.

 

Segundo alguns dados da Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo (maior estado produtor da espécie), a produção poderá aumentar para 600 milhões de unidades/ano. Esse é um mercado ainda muito promissor e em plena extensão no país, abrindo portas para o cultivo em sistemas menores, uma alternativa para pequenos e médios produtores. 

  • Controle de mexilhão dourado em usinas hidrelétricas brasileiras

  • Descoberta de um vírus associado à mortalidade de siris: implicações para a produção de siri-mole

  • O lambari: uma espécie promissora

  • Metagenômica de ostras cultivadas em ambientes estuarinos

  • Aspectos da vida do salmão

  • Produção de siri-mole: Cuidados com a qualidade da água

  • Mexilhão dourado - Parte 2

  • Segurança alimentar para consumidores de ostras

  • Partenogênese em peixes cartilaginosos

  • O uso de sulfitos na conservação de camarões

Lançamentos

Destaques

Publicações Científicas mais Recentes

Projetos em Andamento

A produção integrada na carcinicultura brasileira

A produção integrada na carcinicultura brasileira

Biologia e desenvolvimento de tecnologia para o cultivo de siris de interesse comercial no litoral paranaense

Biologia e desenvolvimento de tecnologia para o cultivo de siris...

A indústria como agente da conservação dos recursos hídricos na bacia do Alto Iguaçu e afluentes do Alto Ribeira

A indústria como agente da conservação dos recursos hídricos na...

Centro de Análise e Informação Estratégica da Aquicultura - INFOAQ

Centro de Análise e Informação Estratégica da Aquicultura - INFOAQ

Monitoramento de Limnoperna fortunei (mexilhão dourado) e do hidrozoário Cordylophora capia em reservatórios no estado do Paraná

Monitoramento de Limnoperna fortunei (mexilhão dourado) e do hidrozoário Cordylophora...

Boas práticas de produção, sanidade e rastreabilidade de ostras

Boas práticas de produção, sanidade e rastreabilidade de ostras

Monitoramento da qualidade de ostras no litoral paranaense.

Monitoramento da qualidade de ostras no litoral paranaense.

Marcadores Moleculares e Biológicos Aplicados a Incidentes em Ambientes Aquáticos Continentais

Marcadores Moleculares e Biológicos Aplicados a Incidentes em Ambientes Aquáticos...

Conheça...

Imagens de Projetos

Videos